UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 20h11

Obama sanciona lei que concede US$ 26 bi em ajuda federal a estados

Washington, 10 ago (EFE).- O presidente americano, Barack Obama, sancionou hoje uma lei que concede US$ 26 bilhões aos estados com déficit e que, segundo ele, salvará mais de 300 mil de postos de trabalho no funcionalismo público.

A Câmara de Representantes aprovou hoje a medida em uma sessão extraordinária convocada por sua presidente, Nancy Pelosi, em pleno recesso de verão, com 247 votos a favor e 161 contra. A maioria dos republicanos rejeitou o projeto.

O Senado americano já tinha aprovado o projeto na semana passada, com o apoio de dois republicanos.

Em uma breve declaração à imprensa no Jardim da Casa Branca, Obama disse que a liberação da verba permitirá salvar "centenas de milhares de empregos no ano que vem".

A lei prevê que US$ 16 bilhões do total sejam dedicados ao programa federal Medicaid, que dá cobertura médica aos pobres. Os outros US$ 10 bilhões irão para a educação.

O objetivo é prevenir que os estados que possam enfrentar um déficit de mais de US$ 120 bilhões neste ano cortem serviços de saúde e empregos de professores.

Os US$ 16 bilhões para o Medicaid permitirá que os estados usem seu dinheiro para cumprir com seus respectivos orçamentos e manter funcionários públicos.

No total, calcula-se que o projeto de lei ajudará a manter 310 mil postos públicos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host