UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 15h58

Otimista, Santos chega para reunião com Chávez

Santa Marta (Colômbia), 10 ago (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse estar "otimista" ao chegar hoje à cidade de Santa Marta, no litoral colombiano, para se reunir com seu colega da Venezuela, Hugo Chávez, e assegurou que fará tudo o que estiver ao seu alcance para recompor os laços bilaterais.

No entanto, Santos opinou que é melhor não criar "muitas expectativas" em torno da reunião.

"Temos muita vontade de que esta reunião produza efeitos certos e duráveis pelo bem de nossos povos, pelos povos da Venezuela e Colômbia, faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para que assim seja", disse o presidente colombiano ao sair do avião que o trouxe de Bogotá.

"Peço a Deus e ao Libertador (Simón Bolívar) que inspire a mim e ao presidente Chávez, a seu chanceler (Nicolás) Maduro e a nossa chanceler, (María Ángela) Holguín, para tomar as decisões mais acertadas em benefício de nossos dois povos", concluiu.

Pouco antes da chegada de Santos, que viajou junto com Holguín, Maduro havia chegado a Santa Marta.

O secretário-geral da União de Nações Sul-americanas (Unasul), o ex-presidente da Argentina Nestor Kirchner, que atua como mediador nesta crise diplomática, também estará presente ao encontro.

Chávez chegou há pouco a Santa Marta e disse que o objetivo de sua reunião com Santos é "reconstruir o que foi desmoronado".

A reunião será realizada na histórica Quinta de São Pedro Alexandrino, o lugar onde morreu Simón Bolívar.

Chávez rompeu as relações com a Colômbia em 22 de julho, dia em que o Governo do então presidente colombiano Álvaro Uribe acusou a Venezuela de abrigar guerrilheiros.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host