UOL Notícias Notícias
 
15/08/2010 - 12h49

Ban Ki-moon diz que nunca viu nada como desastre no Paquistão

Islamabad, 15 ago (EFE).- O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse hoje durante sua visita ao Paquistão que nunca viu um desastre natural comparável às inundações que atingem há duas semanas o país.

"Vi muitos desastres naturais em todo mundo, mas nunca nada como isto. Isto (as inundações) ainda não acabou, continuará por semanas", disse Ban em entrevista coletiva conjunta com o presidente paquistanês, Asif Ali Zardari.

Ban, quem chegou ao país nesta manhã, visitou várias regiões do sul de uma das regiões mais afetadas, Punjab (leste), onde várias represas ameaçam transbordar, e depois teve encontro com Zardari e o primeiro-ministro paquistanês, Yousef Raza Guilani.

O objetivo do secretário-geral da ONU é acelerar a chegada de ajuda ao país. A ONU pediu US$ 459 milhões à comunidade internacional, mas até o momento só recebeu um quinto dessa quantidade.

"Necessitamos mais apoio da comunidade internacional - afirmou Ban na entrevista coletiva, na base militar de Chaklala, próxima a Islamabad. Estas inundações sem precedentes precisam de assistência urgente. Temos de nos movimentar rapidamente".

Os últimos dados do organismo assinalam que as inundações afetaram mais de 14 milhões de paquistaneses, provocando 1.343 mortos e 1.588 feridos, embora o Governo paquistanês tenha ontem elevado para 20 milhões.

Junto a Ban, que deve deixar hoje o país, estava Zardari, quem pediu união ao povo e coincidiu com o grave diagnóstico do secretário-geral da ONU: "Nunca uma parte do mundo sofreu este tipo de inundações".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host