UOL Notícias Notícias
 
15/08/2010 - 09h55

Nº 2 da Al Qaeda pede aos turcos lutarem contra seu Governo

Cairo, 15 ago (EFE).- O "número dois" da rede terrorista Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, pediu aos turcos que lutem contra "os criminosos" do Governo de Ancara, ao que acusa de cooperar com Israel e não defender o islã.

Na gravação de áudio de 20 minutos, cuja autenticidade não foi constatada, o líder da Al Qaeda denuncia que o Executivo turco demonstra seu apoio aos palestinos com algumas declarações, mas ao mesmo tempo reconhece Israel como Estado.

Zawahiri critica que a Turquia mantenha relações comerciais e troque informações de segurança com Israel, assim como o envio de tropas ao Afeganistão.

"Gaza sofre o cerco das cruzadas sionistas, temos de enfrentar e resistir para mudar essa situação. Não basta enviar comboios humanitários e fazer manifestações", disse em referência à embarcação turca atacada por israelenses no fim de maio em águas internacionais que estava a caminho de Gaza.

O dirigente da organização terrorista assegura no áudio que a "Turquia deve voltar a defender ao islã como antes", como na época dos otomanos, quando "saía com exércitos enormes para proteger qualquer lugar onde houvesse muçulmanos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host