UOL Notícias Notícias
 
16/08/2010 - 11h30

Kosovo intensifica campanha diplomática para ganhar reconhecimento

Pristina, 16 ago (EFE).- Kosovo está intensificando os esforços diplomáticos para receber mais reconhecimentos internacionais, depois da recente decisão da Corte Internacional de Justiça (CIJ) a favor da legalidade de sua independência, declarada em 2008.

Em comunicado de imprensa conjunto, o presidente e o primeiro-ministro de Kosovo anunciam que enviaram mensagens a vários países e organizações internacionais pedindo que o território seja reconhecido como Estado independente.

Segundo parecer da CIJ de 22 de julho, a declaração de independência de Kosovo "não violou o direito internacional", mas desde então nenhum país reconheceu essa soberania.

O presidente de Kosovo, Fatmir Sejdiu, e o primeiro-ministro, Hashem Thaçi, enviaram cartas aos líderes de vários países-membros da ONU e líderes de organizações como Conferência Islâmica, Liga Árabe e Organização dos Estados Americanos (OEA).

Eles pedem o reconhecimento de Kosovo como país independente e que votem contra uma resolução patrocinada pela Sérvia a ser votada na Assembleia Geral da ONU em setembro.

Cartas foram enviadas também aos 56 países-membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), ao Conselho da Europa e à alta representante de Política Externa da União Europeia (UE), Catherine Ashton.

"Após o parecer da CIJ, que confirmou a legalidade da declaração de independência de Kosovo, pedimos com respeito a todos os países-membros da ONU que rejeitem a resolução da Sérvia como uma ação desnecessária e inaceitável", assinala o comunicado.

Com essa resolução, a Sérvia quer forçar o reatamento de negociações sobre o status de Kosovo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h29

    0,19
    3,285
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h31

    0,71
    63.708,31
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host