UOL Notícias Notícias
 
17/08/2010 - 13h45

Libaneses são condenados à morte por colaborar com Israel

Beirute, 17 ago (EFE).- Um tribunal militar condenou hoje dois libaneses à morte por fornecerem informação a Israel sobre posições e centros do Exército libanês e do grupo xiita Hisbolá, informou a "Agência Nacional de Notícias" (ANN).

A corte, presidida pelo general Nizar Khalil, sentenciou à pena capital Osama Mohammed Ali Berri, que está preso, e Antoine Salim Atmeh, que está foragido e foi condenado à revelia.

Tanto Berri quanto Atemh foram acusados de colaborar com Israel e de ter estado em contato com os serviços de Inteligência do país, segundo a "ANN".

A sentença considera que as informações fornecidas a Israel levaram à destruição de vários postos militares e à invasão do sul do Líbano em julho de 2006, durante a guerra entre o Exército israelense e o Hisbolá.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host