UOL Notícias Notícias
 
17/08/2010 - 16h39

Ministros do Equador e Colômbia se reunirão em agosto

Quito, 17 ago (EFE).- O chanceler do Equador, Ricardo Patiño, informou hoje que se reunirá com sua colega colombiana, María Ángela Holguín, no dia 27 de agosto em Ipiales (Colômbia).

Patiño disse em entrevista coletiva que o Equador aceita o pedido colombiano para que a reunião seja realizada nesse dia e adiantou que não serão abordados "temas sensíveis" relacionados com o rompimento das relações diplomáticas por causa do bombardeio colombiano à área de Angostura, em março de 2008.

O chanceler comentou que na reunião será analisado, entre outras questões, o projeto geotérmico Tufiño-Chiles-Cerro Negro, a ampliação da ponte internacional de Rumichaca e assuntos de desenvolvimento social, como saúde e educação.

Eles também discutirão o problema de refugiados colombianos no Equador, assunto que o Governo de Rafael Correa exige maior participação da Colômbia.

Patiño expressou satisfação com a aproximação entre os dois países, que estão em processo de restabelecimento de relações diplomáticas.

Correa rompeu relações com a Colômbia em 3 de março de 2008, dois dias após uma ataque militar colombiano contra um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na zona de Angostura, na Amazônia equatoriana.

O Governo do Equador considerou a operação colombiana como uma violação da soberania do país. O ataque deixou, pelo menos, 26 mortos, entre eles o então 'número dois' das Farc, Luis Edgar Devia, conhecido como "Raul Reyes".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host