UOL Notícias Notícias
 
17/08/2010 - 15h17

ONU diz que diálogo entre Israel e palestinos está em "ponto decisivo"

Nações Unidas, 17 ago (EFE).- A ONU afirmou hoje que a tentativa de retomar as negociações entre israelenses e palestinos está em "um ponto decisivo", após a realização de sete rodadas de diálogos indiretos incentivados pelos Estados Unidos a fim de reativar o processo de paz.

"Nos aproximamos de um ponto decisivo nos esforços para promover negociações diretas entre Israel e palestinos", assegurou o secretário-geral adjunto da ONU para Assuntos Políticos, Oscar Fernandez Taranco, na reunião mensal do Conselho de Segurança sobre o Oriente Médio.

Em sua opinião, as sete rodadas de conversas indiretas realizadas desde maio permitiram determinar "as questões de interesse mútuo e estabelecer os assuntos prioritários para cada parte".

"Continuamos convencidos de que as negociações diretas e substanciais são o único caminho para uma solução integral e sustentável que responda aos interesses de israelenses e palestinos", indicou o diplomata argentino.

As duas partes estão debatendo internamente para decidir se dão o próximo passo em direção ao reatamento do processo de paz, explicou Taranco.

A ONU considera que é de extrema importância manter uma "atmosfera adequada" para facilitar o diálogo e, por isso, pede que as duas partes cumpram seus compromissos.

Isso inclui a renovação da moratória sobre a construção de assentamentos nos territórios ocupados por Israel, que vence em 26 de setembro.

Quanto à situação em Gaza, a ONU assegurou que a entrada de cargas no território palestino segue aumentado mês a mês desde junho, quando Israel flexibilizou o bloqueio.

Por outro lado, Taranco informou sobre o lançamento de seis mísseis de Gaza a povoados ao sul de Israel no último mês, mas que não causaram danos.

Também expressou "a decepção" das Nações Unidas pela ausência de progresso nas tentativas de reconciliação mediadas pelo Egito entre a Autoridade Nacional Palestina (ANP) e o movimento islâmico Hamas, que desde 2007 controla Gaza.

Após meses de contatos indiretos, espera-se que os EUA anunciem em breve o reatamento oficial das negociações de paz diretas entre Israel e palestinos, quase dois anos após a interrupção do diálogo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h29

    -0,24
    3,262
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h30

    0,03
    63.780,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host