UOL Notícias Notícias
 
18/08/2010 - 03h46

Chuvas devem diminuir em regiões críticas do Paquistão

Islamabad, 18 ago (EFE).- As zonas mais afetadas pelas inundações no Paquistão não receberão chuvas significativas durante aproximadamente uma semana, o que ajudará a aliviar a crise atual, informou à agência Efe o chefe do serviço meteorológico do país, Qamaruz Zaman Chaudhry.

"Haverá bom tempo nas áreas afetadas pelas inundações durante uma semana. A princípio, choverá só em pontos como Islamabad ou da província do Punjab, que não estão afetados", explicou Chaudhry.

Segundo a fonte, a diminuição contribuirá para que desça o nível de água do rio Indo e de seus afluentes, o que já está acontecendo no norte do país.

No entanto, Chaudhry advertiu que os maiores desafios agora estão na província sudeste de Sindh, que recebeu um grande volume de água que percorreu mais de mil quilômetros devastando regiões no noroeste e leste do país.

Em Sindh, duas represas estão suportando grande pressão, e há alguns dias as autoridades temem que sofram danos e transbordem, o que poderia fazer com que fossem inundadas centenas de localidades.

As piores inundações dos últimos 80 anos no Paquistão deixaram por enquanto mais de 1.400 mortos e cerca de 20 milhões de afetados, segundo as autoridades locais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host