UOL Notícias Notícias
 
18/08/2010 - 11h07

Fidel Castro recebe grupo de médicos cubanos procedentes da Bolívia

Havana, 18 ago (EFE).- O líder cubano Fidel Castro recebeu 213 membros de uma brigada médica de Cuba procedente da Bolívia, que realizou um estudo sobre incapacitados no país e fez mais de 10 mil consultas, informou hoje a imprensa oficial da ilha.

Fidel se reuniu na noite de terça-feira com os integrantes da brigada, a quem que deu de presente exemplares assinados de seu novo livro.

Em mensagem aos "'internacionalistas' que retornam da Bolívia", o líder cubano destacou o trabalho dos profissionais no exterior, onde atenderam cerca de 800 mil pessoas em países como Venezuela, Bolívia, Equador e Nicarágua.

"Em toda a sua história, o império não foi capaz nem poderia jamais fazer o mesmo, com 1% deste número. Para que serve tal sistema?", ressaltou.

O grupo médico teve acesso na Bolívia a mais de 100 comunidades não registradas em mapas geográficos, segundo a imprensa cubana.

A recepção dos médicos por Fidel, que será transmitida hoje na televisão cubana, se soma aos diferentes atos protagonizados nas últimas semanas pelo ex-presidente, de 84 anos, que reapareceu na cena pública no início de julho, depois de quatro anos enfrentando uma doença.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h00

    -0,15
    3,261
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h01

    1,05
    63.321,93
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host