UOL Notícias Notícias
 
19/08/2010 - 10h09

Índia se dispõe a conceder mais ajuda ao Paquistão, afetado por enchentes

Nova Délhi, 19 ago (EFE).- O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, afirmou hoje que a Índia está disposta a "fazer mais" para ajudar os atingidos pelas inundações no Paquistão, após ter realizado uma primeira oferta de US$ 5 milhões.

Segundo um comunicado oficial, Singh ligou para seu colega paquistanês, Yousuf Raza Gillani, renovando a oferta de ajuda econômica e disse que a Índia "está pronta" para mais esforços de auxílio ao Paquistão, antigo rival de Nova Délhi.

Na nota, o primeiro-ministro da Índia ressaltou que, em um período "de catástrofes naturais", todo o sul da Ásia deve "estar à altura" e oferecer toda a ajuda possível.

A Índia ofereceu ao Paquistão US$ 5 milhões no último dia 13 para ajudar as vítimas, um gesto que as autoridades paquistanesas agradeceram, embora estejam ainda estudando se aceitam ou não a doação indiana.

Até agora, a imprensa indiana quase não repercutiu a catástrofe no país vizinho, onde mais de 1,5 mil pessoas morreram e que deixou 20 milhões de afetados.

A ONU arrecadou até o momento a metade dos US$ 459,7 milhões requeridos para seu plano de emergência à população, em um desastre natural que, segundo o secretário-geral Ban Ki-moon, supera em magnitude o tsunami de 2004 e o terremoto do Haiti de janeiro passado.

Índia e Paquistão mantêm litígios fronteiriços e as relações diplomáticas entre os dois países foram congeladas após o ataque terrorista de Mumbai de novembro de 2008, que as autoridades indianas atribuem a um grupo da Caxemira com base no país vizinho.

Em julho passado, após uma reunião entre os chanceleres dos dois lados, ambos os países acordaram manter aberto o canal de diálogo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host