UOL Notícias Notícias
 
19/08/2010 - 14h23

Vice-premiê britânico reitera que Guerra do Iraque não teve base legal

Londres, 19 ago (EFE).- O vice-primeiro-ministro britânico, Nick Clegg, reiterou hoje que a Guerra do Iraque não teve base legal, opinião que disse ser pessoal e que não representa o ponto de vista do Governo do Reino Unido.

Clegg é o líder do Partido Liberal-Democrata e sua oposição à invasão do Iraque já é conhecida. Desde que é 'número 2' do Governo de Londres, essa não é a primeira vez em que ele acusa o conflito de estar em desacordo com o direito internacional.

O vice-premiê já expressou abertamente oposição à guerra no mês passado no Parlamento britânico, durante uma sessão em que substituiu o primeiro-ministro David Cameron, que estava viajando.

As declarações de Clegg levaram Londres a esclarecer quase imediatamente que suas palavras deveriam ser consideradas opinião pessoal dele, e não um ponto de vista do Governo.

Para Clegg, "o Governo não tem um ponto de vista sobre a legalidade da guerra".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h10

    0,12
    3,269
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h17

    -0,48
    63.777,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host