UOL Notícias Notícias
 
20/08/2010 - 12h45

Rei do Marrocos pede "Mapa do Caminho" para regionalização do país

Rabat, 20 ago (EFE).- O rei Muhammad VI do Marrocos pediu hoje para se estabelecer um "Mapa do Caminho claro e preciso" para realizar gradualmente a "regionalização avançada" do país, que deverá começar pelo território do Saara Ocidental.

Em discurso televisado à nação por ocasião da chamada Festa da Revolução do Rei e do Povo, o monarca atacou os "adversários" que "persistem em suas manobras desesperadas com o objetivo em vão de travar e torpedear a iniciativa de autonomia que o Marrocos propõe para o Saara".

"Os direitos da cidadania não podem ser exercidos mais que dentro do marco do respeito do direito da pátria a salvaguardar sua unidade, sua integridade territorial e sua soberania nacional", assinalou Muhammad VI em seu discurso.

O rei anunciou em 3 de janeiro a criação da Comissão Consultiva para a Regionalização (CCR), com a missão de sentar as bases de um plano de descentralização do país.

Embora a princípio, Muhammad VI tenha dado até o mês de junho à CCR - presidida pelo ex-embaixador marroquino em Madri Omar Azziman - para cumprir sua incumbência, posteriormente aumentou o prazo seis meses mais.

No discurso de hoje, falou em "divulgá-la (a regionalização) através de um debate nacional amplo e construtivo que consolide o apoio ao projeto".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h50

    -0,58
    3,264
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host