UOL Notícias Notícias
 
23/08/2010 - 05h22

Petraeus diz que Otan tem a iniciativa no Afeganistão

Londres, 23 ago (EFE).- O comandante das forças da Otan no Afeganistão está convencido de que as tropas aliadas têm a iniciativa no combate contra os talibãs, mas reconheceu que ainda há "uma dura luta" pela frente para derrotá-los.

Em declarações à "BBC", em um momento no qual a violência aumentou sensivelmente no Afeganistão faltando um mês para a realização das eleições parlamentares, Petraeus assegurou que a ofensiva contra os talibãs está funcionando.

"O impulso que os talibãs tinham alcançado nos anos mais recentes foi combatido em muitas regiões e também será combatido em outras. Isto, no entanto, implicará uma dura luta", disse o general americano.

Um total de 450 militares da Otan morreram neste ano no Afeganistão, frente aos 520 do conjunto de 2009.

Sobre o prazo limite da presença militar aliada no país asiático, Petraeus disse que não haverá "um êxodo" de tropas a partir de julho de 2011, data fixada pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para iniciar a retirada do Afeganistão.

"Julho de 2011 é a data na qual começa um processo", afirmou o militar americano, acrescentando que "não se trata da data na qual as forças dos Estados Unidos vão começar a sair, a buscar uma saída e apagar a luz".

Petraeus, que se tornou o principal responsável militar da Otan no Afeganistão após a renúncia em junho de Stanley McChrystal por suas diferenças de estratégia com a Casa Branca, assegurou que não terá problemas para dizer a Obama o que pensa.

"Quando alguém assume um trabalho como este, sempre pensa que vai ser o último. Estou decidido a dar a assessoria mais direta que puder", declarou o general.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host