UOL Notícias Notícias
 
24/08/2010 - 02h29

China pede garantias de segurança para seus cidadãos Filipinas

Pequim, 24 ago (EFE).- O Governo da China ofereceu condolências aos familiares dos oito turistas de Hong Kong mortos no sequestro de um ônibus em Manila e pediu às Filipinas que garantam a segurança dos cidadãos chineses e suas propriedades nesse país.

Em comunicado do porta-voz de Assuntos Exteriores chinês Ma Zhaoxu, publicado na madrugada desta terça pela agência oficial "Xinhua", o Governo chinês condenou o fato e anunciou que enviará um grupo de trabalho às Filipinas para tratar da repatriação dos corpos e de outras tarefas relacionadas ao fato.

O Governo chinês evitou polemizar sobre o incidente, mas o chefe executivo de Hong Kong, Donald Tsang, criticou na segunda-feira à noite o trabalho da Polícia filipina no caso, que causou grande indignação na ex-colônia britânica.

Os internautas chineses, em vários forums na internet, lançaram duras palavras contra os policiais que participaram do resgate, a que culpam pelas mortes.

O ex-policial filipino Rolando Mendoza, de 55 anos, sequestrou um ônibus de turistas de Hong Kong em Manila, com 25 pessoas a bordo, com o objetivo de conseguir sua reinserção no corpo policial, de onde foi expulso em 2008 por envolvimento em um caso de extorsão e narcotráfico.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,30
    3,231
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -1,28
    75.413,13
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host