UOL Notícias Notícias
 
24/08/2010 - 19h34

Embraer envia equipe à China para estudar causas de acidente

Rio de Janeiro, 24 ago (EFE).- A Embraer enviou hoje à China uma equipe de técnicos para investigar o acidente do E-190 no qual 43 pessoas morreram e outras 53 ficaram feridas, informou hoje a empresa.

"A Embraer já disponibilizou equipe de técnicos que se dirige ao local, com o intuito de apoiar as autoridades aeronáuticas chinesas na investigação do acidente", afirmou a companhia em comunicado no qual também manifestou suas "profundas condolências".

O avião da companhia chinesa Henan Airlines, fabricado pela Embraer, caiu hoje perto da pista de aterrissagem do aeroporto Lindu da cidade de Yichun e se incendiou com 91 passageiros e cinco tripulantes a bordo, segundo a agência oficial "Xinhua".

As causas do acidente ainda são desconhecidas, mas se suspeita que o denso nevoeiro na região dificultou o pouso do avião, que aparentemente saiu da pista quando tentava aterrissar, teve sua fuselagem rompida e pegou fogo.

Uma equipe de especialistas e representantes da aviação civil chinesa, liderada pelo vice-primeiro-ministro chinês, Zhang Dejiang, viajou imediatamente para a região do acidente, segundo a "Xinhua".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host