UOL Notícias Notícias
 
24/08/2010 - 16h53

EUA congelam ativos de genro de Osama bin Laden

Washington, 24 ago (EFE).- O Governo americano anunciou hoje o congelamento dos ativos de um dos genros do terrorista saudita Osama bin Laden, Mohammed Abdullah Hassan Abul-Khair, acusado de fazer parte das operações financeiras da rede terrorista Al Qaeda.

O Departamento do Tesouro apontou Abul-Khair como "líder da seção financeira" da Al Qaeda e o acusou de atuar em nome da rede terrorista.

A ordem 13224 proíbe que qualquer pessoa dos Estados Unidos participe de qualquer transação com Abul-Khair, medidas à qual se somou a ONU.

Abul-Khair faz parte de uma lista de 85 pessoas publicada em 2009 procuradas pelo Governo da Arábia Saudita. Segundo o Tesouro americano, ele transferiu centenas de milhares de dólares para financiar "atentados terroristas específicos contra interesses americanos".

Os EUA também acusam o genro de Bin Laden de fazer parte do comitê da Al Qaeda e de ter participado, pelo menos em uma ocasião, no recrutamento de membros para a organização.

"Sua relação com a Al Qaeda começa com o treinamento militar que o grupo lhe deu em meados dos anos 90. Abul-Khair é também genro de Osama bin Laden, para quem trabalhou como guarda-costas", diz o Tesouro em comunicado.

Com esta medida, o Tesouro americano quer evitar que Abul-Khair seja o substituto de Mustafa Abu al-Yazid, que foi interceptado por um avião não-tripulado americano em solo paquistanês em maio e realizava os trabalhos de chefe de operações financeiras.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host