UOL Notícias Notícias
 
24/08/2010 - 08h59

Força da Otan mata 35 supostos rebeldes no Afeganistão

Cabul, 24 ago (EFE).- Tropas americanas, francesas e afegãs mataram 35 supostos rebeldes em uma operação iniciada há três dias na província de Cabul com o objetivo de garantir a segurança às vésperas das eleições de setembro, informou hoje a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), da Otan, assegurou em comunicado que, durante essa ofensiva, as tropas capturaram também vários insurgentes fornecedores de armas.

O objetivo da operação, segundo a Otan, é "eliminar" a atividade insurgente nessa província, cuja capital é Cabul, onde um dos objetivos das autoridades será evitar atentados durante o dia das eleições, 18 de setembro.

"Seguiremos preparando a região para conseguir eleições seguras e bem-sucedidas que estejam livres de violência e intimidação", disse um porta-voz da Isaf, Steve Townsend.

As forças de segurança destruíram muito material para fabricar minas, assim como munição de morteiro, 24 minas antitanque, cerca de 50 lança-foguetes e coletes para atentados suicidas.

Embora a Isaf não tenha informado sobre baixas entre sua força, ontem a França assegurou que dois de seus militares perderam a vida durante uma operação próxima a Cabul e outros três ficaram feridos.

O Afeganistão enfrenta o desafio de oferecer mais segurança ao país às vésperas das eleições parlamentares de setembro depois que as presidenciais de 2009 foram boicotadas pelo movimento talibã, que efetuou inúmeros ataques em todo o território.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h40

    0,55
    3,275
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h44

    -1,83
    61.491,52
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host