UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 16h14

Corpos achados no México podem ser de imigrantes ilegais, alguns do Brasil

México, 25 ago (EFE).- Os 72 corpos encontrados em um rancho do estado de Tamaulipas (norte do México) podem corresponder a um grupo de imigrantes ilegais, entre eles do Brasil, que tentava atravessar o país para a fronteira com os Estados Unidos, informou hoje o porta-voz de Segurança do Governo mexicano, Alejandro Poiré.

Segundo as investigações preliminares, que ainda carecem de confirmação, os corpos seriam de cidadãos do Brasil, Equador, El Salvador e Honduras, vítimas do massacre de um grupo de criminosos.

Uma testemunha sobrevivente do massacre prestou depoimento às autoridades para declarar que os imigrantes foram sequestrados por um grupo armado enquanto tentavam alcançar a fronteira com os Estados Unidos, se explicou em entrevista coletiva.

A testemunha, de nacionalidade equatoriana, está hospitalizada, pois sofreu um ferimento de bala na garganta, assinalou o porta-voz da Procuradoria Geral da República, (encarregada do caso), Ricardo Nájera.

Após a declaração da testemunha, forças da Marinha do México se mobilizaram na comunidade de San Fernando, em Tamaulipas, onde ocorreu um confronto em que morreram um militar e três criminosos.

Após esses fatos, as autoridades encontraram em um rancho próximo os corpos de 72 pessoas - 58 homens e 14 mulheres -, que serão transferidos nas próximas horas ao Serviço Médico Legista de Cidade Victoria, capital do estado.

Em entrevista coletiva conjunta, Salvador Beltrán del Río, subsecretário para América e o Caribe da Chancelaria mexicana, explicou que foram informadas as embaixadas dos quatro países de onde supostamente procediam os imigrantes ilegais para que colaborem nas tarefas de identificação.

As autoridades acham que o grupo criminoso com o qual se enfrentaram as forças da Marinha foram os que assassinaram essas pessoas.

As autoridades detiveram um menor de idade, confiscaram 21 armas longas, 101 carregadores para armas de fogo de diferentes calibres, quatro coletes antibalas, uniformes camuflagem, um capacete e quatro caminhonetes, segundo um comunicado da Marinha do México.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h59

    -0,82
    3,256
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h00

    1,42
    64.122,20
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host