UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 16h10

Governo não considera "apropriado" que Unasul receba Farc

Brasília, 25 ago (EFE).- O assessor da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, disse hoje que o Governo brasileiro "não considera apropriado" que a Unasul atenda o pedido das Farc de serem recebidas na organização para dar sua "visão" do conflito colombiano.

"O problema (do conflito) tem que ser resolvido no âmbito da Colômbia" e a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) somente "pode intervir para ajudar" quando solicitada pelo Governo da Colômbia, disse Garcia aos jornalistas.

Na segunda-feira, as Farc divulgaram carta na qual pedem para expor no bloco sul-americano sua "visão" do conflito e reiteraram sua vontade de buscar uma "saída política".

A solicitação foi imediatamente rejeitada pelo Governo da Colômbia, cujo vice-presidente, Angelino Garzón, exigiu do grupo guerrilheiro que "seja capaz de dizer ao povo colombiano que a violência não faz sentido".

O Brasil já prestou ajuda logística em diversas ocasiões para o resgate de reféns das Farc e se mostrou disposto a fazê-lo novamente, mas sob a premissa de que toda colaboração será em resposta a um pedido expresso do Governo colombiano.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, deve fazer sua primeira visita oficial ao Brasil no próximo dia 1º, quando será recebido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host