UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 10h42

Promotoria sueca abre investigação por assédio ao fundador do Wikileaks

Copenhague, 25 ago (EFE).- A Promotoria sueca anunciou hoje a abertura de uma investigação preliminar contra o fundador do Wikileaks, Julian Assange, por assédio sexual, no momento em que é encerrado o caso pelo que inicialmente era suspeito de estupro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host