UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 07h08

Série de atentados no Iraque deixa pelo menos 46 mortos e 191 feridos

Bagdá, 25 ago (EFE).- Pelo menos 46 pessoas morreram e outras 191 ficaram feridas em uma dezena de ataques e atentados no Iraque, quatro deles contra delegacias da Polícia, em seis diferentes províncias.

Segundo fontes policiais, o ataque que deixou mais vítimas aconteceu na capital, em atentado suicida contra uma delegacia.

As fontes explicaram à agência Efe que 15 pessoas morreram e 58 ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba guiado por um suicida que atingiu um quartel policial no nordeste de Bagdá, causando também graves danos materiais.

A explosão de outro carro-bomba junto à sede central da Polícia de Kut, capital da província iraquiana de Wasit, causou outras 15 mortes e deixou 60 feridos, segundo fontes de segurança.

As fontes explicaram que o veículo era conduzido por um suicida que fez o carro atingir a sede da principal delegacia da localidade, a 180 quilômetros de Bagdá.

Em outro atentado com carro-bomba contra outra delegacia, mas na cidade de Karbala, a 110 quilômetros de Bagdá, seis pessoas morreram e quatro sofreram ferimentos, entre elas dois policiais.

Também em Bagdá, mas na região norte da cidade, três pessoas morreram e outras 12 ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba perto de uma praça.

Além disso, um oficial da Polícia iraquiano morreu e outros dois agentes ficaram feridos em um ataque realizado por um grupo de homens armados contra um posto de controle policial no sudoeste de Bagdá.

Outros oito civis ficaram feridos pela explosão de duas bombas no centro da capital iraquiana.

Na cidade de Al Maqdadiya, 40 quilômetros a nordeste de Baquba, capital da província de Diyala, um grupo atentou com um carro-bomba contra o escritório do governador e matou três pessoas, deixando outros 17 feridos, sendo 12 policiais.

Além disso, uma bomba explodiu em um mercado popular na zona de Bahraz, 10 quilômetros ao sul de Baquba, durante a passagem de uma patrulha da Polícia iraquiana, causando a morte de um oficial e deixando outro ferido, informou à Efe uma fonte do Ministério do Interior iraquiano.

Pouco depois, foi detonada outra bomba, coincidindo com a chegada de reforços da Polícia ao local. A segunda detonação deixou quatro agentes feridos.

A fonte acrescentou que depois de cerca de meia hora foram detonados simultaneamente outros três explosivos junto a casas próximas.

Como consequência da tripla explosão, um civil morreu e outros cinco ficaram feridos, dois em estado grave.

A Polícia impôs o toque de recolher na região para evitar mais ataques.

Outro civil faleceu na localidade de Baladruz, a 50 quilômetros de Baquba, também pela detonação de uma bomba.

Além disso, a fonte indicou que 10 pessoas sofreram ferimentos de diferentes gravidades pela explosão de um carro-bomba perto de uma delegacia no centro de Basra, a 550 quilômetros de Bagdá.

Em outro incidente, quatro homens morreram enquanto colocavam artefatos explosivos: dois pela explosão de uma bomba que tentavam colocar em uma estrada de Al Faluja, 50 quilômetros a oeste de Bagdá, e outros dois pela explosão de um veículo carregado de explosivos que estava sendo estacionado em uma rua do centro de Ramadi, capital da província ocidental de Al-Anbar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host