UOL Notícias Notícias
 
29/08/2010 - 15h24

Colômbia deve gastar US$22 bi para indenizar vítimas de conflitos internos

Bogotá, 29 ago (EFE).- A Colômbia deverá atribuir mais de US$ 22 bilhões em dez anos para indenizar as milhões de vítimas do conflito armado interno, disseram hoje em Bogotá fontes legislativas.

A soma é o teto mínimo do custo da reparação, segundo uma iniciativa de lei acordada entre o Governo e a bancada parlamentar do Partido Liberal Colombiano (PLC).

O deputado Guillermo Rivera disse à rádio "RCN" que a indenização às vítimas seria de US$ 22,006 bilhões a US$ 27,507 bilhões.

O montante do custo está previsto no projeto legal, disse Rivera, porta-voz do PLC na Câmara que participou, no sábado, de uma reunião que busca o consenso da bancada liberal com o ministro do Interior e Justiça, Germán Vargas Lleras.

No encontro, o ex-candidato à Presidência, Vargas Lleras, aceitou, em nome do Governo do presidente Juan Manuel Santos, incluir na lei também as vítimas de agentes do Estado.

Além disso, a lei deve beneficiar as vítimas de grupos guerrilheiros e paramilitares das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host