UOL Notícias Notícias
 
02/09/2010 - 12h49

Netanyahu diz a Abbas que alcançar a paz exigirá concessões dos dois lados

Washington, 2 set (EFE).- O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse hoje ao presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, que está disposto a fazer concessões se os palestinos também o fizerem para alcançar a paz.

"Uma paz duradoura, só conseguiremos com concessões mútuas, do lado israelense e do lado palestino, pelo meu lado e pelo seu", disse Netanyahu, no reinício em Washington das conversas de paz entre os dois lados, após 20 meses de estagnação.

Netanyahu falou junto com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) Mahmoud Abbas e a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, no reinício em Washington das conversas de paz após 20 meses de estagnação.

O primeiro-ministro israelense agradeceu ao presidente dos EUA, Barack Obama, e a sua equipe de negociadores pelo tempo dedicado: "para nos trazer a este momento" no qual disse esperar conseguir uma paz "duradoura" e "consistente" para a região.

Netanyahu reiterou que está disposto a alcançar "um compromisso histórico" para a paz na negociação com o líder palestino, a quem classificou como "um sócio da paz", da mesma forma que fez ontem à noite pouco antes do jantar que ofereceu Obama aos líderes da região.

Os dois pilares sobre os quais se apoiam a paz são a "legitimidade" e a "segurança", enfatizou o primeiro-ministro.

Nentayahu ressaltou que os palestinos esperam que os israelenses estejam preparados para a existência de um Estado palestino, acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host