UOL Notícias Notícias
 
27/02/2011 - 22h21

Canadá congela ativos do regime líbio e proíbe transações com Trípoli

Toronto (Canadá), 28 fev (EFE).- O Governo canadense anunciou que cumprirá as sanções contra a Líbia decididas pelo Conselho de Segurança (CS) da ONU e impôs o congelamento de ativos e a proibição de transações econômicas com o regime de Muammar Kadafi.

O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, disse durante discurso na televisão que "estas ações restringirão os movimentos e acesso a dinheiro e armas para os responsáveis pela violência contra o povo líbio".

Harper também assinalou que a principal responsabilidade de qualquer Governo é proteger seus cidadãos e que "Kadafi violou esse princípio básico", por isso que solicitou que deixa de forma "imediata" o poder.

"Em vez de proteger os cidadãos líbios do perigo, (Kadafi) é a principal causa dos perigos que eles enfrentam. Está claro que o único caminho que tem é deter o banho de sangue e imediatamente deixar sua posição de autoridade" afirmou Harper.

O líder canadense também assinalou que a imposição de sanções por parte do CS representa uma "clara mensagem de que a comunidade internacional não permitirá o assassinato de civis por parte do regime líbio ou as graves violações de direitos humanos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h19

    -0,05
    3,723
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h29

    -0,31
    93.765,57
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host