UOL Notícias Notícias
 
31/03/2011 - 07h36

Carta-bomba explode em órgão de energia nuclear da Suíça


Em Genebra

Uma carta-bomba deixou dois feridos nesta quinta-feira ao explodir na sede da Swissnuclear, órgão dedicado à energia nuclear do consórcio que reúne os três grandes grupos energéticos da Suíça.

Veja a localização da Suíça

  • Arte UOL

A explosão ocorreu quando a carta foi aberta e as duas vítimas foram levadas ao hospital após sofrerem ferimentos na cabeça e no peito, indicou a agência suíça de notícias "Ats".

O consórcio Swisselectric, controlador da Swissnuclear, reúne as empresas Axpo, Alpiq e Forces Motrices Bernoises (FMB), que administram um total de cinco usinas nucleares na Suíça. As companhias apresentaram em 2008 ao Escritório Federal de Energia um pedido para construir três novos reatores atômicos no país.

Este atentado coincide com o protesto realizado pela ONG internacional Greenpeace em frente à sede da companhia elétrica suíça Alpiq Holding para exigir aos diretores que retirem o pedido de autorização para a construção das novas usinas nucleares.

Em frente à sede da empresa na cidade de Olten (cantão suíço de Soleura), os manifestantes exibem cartazes de protesto e um grande latão de lixo, enquanto batem em barris vazios de resíduos nucleares.

A Suíça conta com cinco usinas nucleares (Beznau 1, Beznau 2, Gosgen, Leibstadt e Muhleberg), que geram 40% da energia elétrica do país.

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,39
    5,761
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h55

    2,49
    96.294,89
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host