UOL Notícias Notícias
 
07/08/2011 - 15h47

Distúrbios em Londres deixam 26 policiais e 3 civis feridos

Patricia Rodríguez.

Londres, 7 ago (EFE).- A Polícia patrulha neste domingo as ruas do norte de Londres após os graves distúrbios e enfrentamentos vividos nesta madrugada, que deixaram 26 policiais e três civis feridos e 48 pessoas presas, segundo um porta-voz da Scotland Yard.

O bairro londrino de Tottenham amanheceu devastado depois que dezenas de pessoas incendiaram prédios e veículos e saquearam estabelecimentos comerciais durante uma manifestação de protesto contra a morte de um jovem na quinta-feira passada, baleado pela Polícia.

O porta-voz da Scotland Yard, comandante Adrian Hanstock, afirmou que a manifestação pacífica deste sábado à noite para protestar contra a morte de um jovem por disparos da policial foi "sequestrada" por um pequeno grupo de "vândalos descerebrados", para dar passo a um palco de violência desproporcional.

Uma pequena manifestação, seguida em princípio por cerca de 120 pessoas, pretendia exigir "justiça" pela morte, na quinta-feira, nesse bairro, de Mark Duggan, um jovem de 29 anos que tinha quatro filhos.

Duggan estava em um táxi quando morreu baleado pela Polícia, num incidente que deixou um agente ferido e cujas circunstâncias estão sendo investigadas por uma comissão independente.

A pequena manifestação deste sábado à noite deu lugar paulatinamente a uma autêntica "zona de guerra", que viu o lançamento de coquetéis molotov e a queima de edifícios e veículos, entre eles viaturas da Polícia e um ônibus de dois andares.

Cerca de 100 jovens, alguns encapuzados para esconder o rosto, destruíram vitrines, saquearam estabelecimentos e roubaram celulares, televisores, roupas e outros objetos, levando-os em malas e carrinhos de supermercados.

Os serviços de bombeiros informaram que receberam um total de 264 chamadas de emergência e que foram registrados 49 incêndios no bairro.

Os vândalos - adolescentes em sua maioria, segundo a imprensa britânica - também usaram latas de lixo para formar barricadas e dificultar a passagem das viaturas policiais. Além de Tottenham, os distúrbios se estenderam para o norte e o oeste da região, especialmente para Wood Green.

Neste domingo, moradores da região andavam pelas ruas "consternados" e em estado de choque por um fato que deixou vários desabrigados após suas casas serem destruídas.

As ruas de Tottenham permanecem interditadas para o tráfego, que foi desviado, enquanto um porta-voz da Scotland Yard fazia um apelo à comunidade para que forneça informações que permitam levar à Justiça os responsáveis pelo caos.

As 48 prisões praticadas são por desordem com violência, invasão de moradia e roubo, segundo a Scotland Yard.

Com o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, de férias na Toscana (Itália), um porta-voz do Gabinete oficial do primeiro-ministro britânico indicou que "não há nenhuma justificativa para as agressões sofridas pela Polícia e pela população, nem para os danos materiais ocasionados".

A ministra de Interior do Reino Unido, Theresa May, afirmou que "não se vai tolerar esse desprezo pela segurança pública e pela propriedade", enquanto o prefeito de Londres, o conservador Boris Johnson, se mostrava "consternado".

Por sua vez, o deputado David Lammy (trabalhista) fazia um apelo à calma para uma comunidade "cujo coração está abalado", a fim de evitar conflitos do passado de Tottenham.

Lammy mencionou outro famoso incidente ocorrido no bairro há 26 anos, quando, em 1985, outro policial morreu por múltiplos ferimentos de machado a mãos de um grupo de pessoas e cerca de 250 agentes ficaram feridos.

Agora a Comissão Independente de Queixas à Polícia (IPPC) realiza uma investigação sobre a morte de Duggan, que supostamente estava armado com uma pistola quando morreu, mas o porta-voz da Scotland Yard qualificou sua morte de "lamentável".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,63
    3,905
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    -0,44
    87.449,50
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host