UOL Notícias Notícias
 
24/08/2011 - 09h31

Monumento em Washington é fechado por rachaduras causadas pelo terremoto

Washington, 24 ago (EFE).- O monumento dedicado a George Washington na capital americana permanece nesta quarta-feira fechado ao público para avaliar os danos sofridos ao emblemático monolito após a detecção de uma rachadura na parte superior.

O Serviço Nacional de Parques (NPS, na sigla em inglês) informou que continuam revisando a estrutura da construção depois do terremoto de 5,8 graus de magnitude que sacudiu a costa Leste nesta terça-feira.

O monumento é o primeiro do passeio conhecido como National Mall, uma esplanada onde os Estados Unidos lembram sua história com imponentes monumentos dedicados ao presidente Abraham Lincoln (1861-1865), Thomas Jefferson (1801-1809) e os mortos na Segunda Guerra Mundial, na Coreia e no Vietnã.

Minutos depois do terremoto, que não causou danos graves no país, começaram a circular mensagens falsas pela rede social Twitter que apontavam o tombamento do monumento de 170 metros de altura.

As autoridades fecharam temporariamente o monumento, um dos mais visitados, para segurança dos turistas até terem a certeza de que o prédio estava em perfeitas condições.

O Serviço Nacional de Parques informou que foram fechados temporariamente a Casa de Arlington e o memorial a Robert E. Lee para inspecionar possíveis avarias.

"Estamos avaliando as estruturas para garantirmos que os prédios estão sãos e salvos para todos os visitantes", indicou o NSP em comunicado.

Nesta semana foi aberto ao público no Mall o monumento nacional a Martin Luther King, que não sofreu prejuízos, embora o furacão Irene que avança pelo sul da costa leste poderia adiar a inauguração oficial no próximo domingo, que está prevista ter um discurso do presidente americano Barack Obama.

A Catedral de Washington e a embaixada do Equador são os dois prédios mais prejudicados após o terremoto, segundo relatório preliminar dos Bombeiros.

Uma das torres centrais da Catedral sofreu danos com a queda de três pináculos pelo tremor.

Na embaixada equatoriana três chaminés vieram abaixo e causaram fendas no interior do prédio, que permanece fechado e isolado, enquanto examinam o comprometimento de sua estrutura.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,81
    4,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h19

    0,45
    104.301,58
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host