UOL Notícias Notícias
 
27/08/2011 - 22h58

Acidente com bondinho de Santa Teresa deixa 5 mortos e 54 feridos

(Atualiza com número de feridos e outros detalhes do acidente)
Rio de Janeiro, 27 ago (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e 54 ficaram feridas, quatro delas em estado grave, no acidente com o bondinho de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, informou o Corpo de Bombeiros.

O acidente aconteceu quando o bonde descia por uma das ruas do bairro e, por razões que ainda não foram esclarecidas, saiu dos trilhos e tombou, ficando completamente destruído ao bater num poste.

Os bombeiros que socorreram as vítimas informaram que quatro pessoas morreram no local do acidente e uma faleceu quando era atendida no hospital Souza Aguiar, no qual foi internada a maior parte dos feridos, muitos deles com fraturas expostas.

A Secretaria de Saúde de Rio confirmou que o acidente deixou cinco mortos e mais de 50 feridos sem dar mais detalhes, mas segundo a imprensa, entre os feridos há cidadãos dos Estados Unidos, França e Portugal.

Os cinco mortos foram identificados como Cláudia Lilian Almeida Fernandes, João Batista Soares, Ivone da Silva, Maria Eduarda Nunes e o maquinista Nelson Correa da Silva.

O bondinho de Santa Teresa, parte do centro do Rio de Janeiro e passa por cima dos Arcos da Lapa, o antigo aqueduto de estilo romano que abastecia a cidade na época do Império.

Santa Teresa, um bairro boêmio situado na região central do Rio de Janeiro, é um dos mais visitados pelos turistas brasileiros e estrangeiros por causa de seu roteiro gastronômico e cultural, assim como por sua vida noturna e pelas espetaculares vistas da baía de Guanabara.

O bonde tinha capacidade para 44 pessoas, 32 delas sentadas e 12 em pé, e as autoridades averiguam se o excesso de passageiros pôde ter sido uma das causas da tragédia.

O secretário de Transportes do Estado do Rio de Janeiro, Júlio Lopes, visitou o local do acidente e disse a jornalistas que a tragédia terá um impacto no turismo na cidade e que o caso será investigado "com toda a transparência".

"A questão do excesso de ocupantes, do uso inadequado preocupa muito. Temos a informação preliminar de que o bondinho estava muito cheio e isso tem que ser investigado. Vamos parar o sistema até investigar completamente o acidente", declarou Lopes.

Moradores de Santa Teresa também denunciaram que os bondes, que estão em operação há mais de cem anos, estão em mal estado de conservação e são um perigo para as pessoas que diariamente os utilizam para chegar ao bairro.

Em junho passado, um turista francês morreu ao cair de um dos bondinhos quando o veículo circulava pelos Arcos da Lapa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,27
    4,154
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,89
    105.422,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host