UOL Notícias Notícias
 

Crise no mundo árabe

Iniciadas em janeiro, manifestações se espalham em países da África e do Oriente Médio; os ditadores de Tunísia, Egito e Líbia já caíram

  • Imagem: Ahmad Al-Rubaye/ AFP
10/10/2011 - 09h39

Combates na Líbia deixam 46 rebeldes mortos e 250 feridos

Trípoli, 10 out (EFE).- Pelo menos 46 membros das forças do Conselho Nacional de Transição da Líbia (CNT) morreram e cerca de 250 ficaram feridos nas últimas horas nos combates contra as forças pró-Gaddafi nas cidades de Sirte e Bani Walid, informaram à Agência Efe fontes dos insurgentes.

A maior parte das vítimas foi registrada em Sirte, cidade natal de Muammar Gaddafi. Só na manhã desta segunda-feira, 12 insurgentes morreram e outros 90 ficaram feridos em enfrentamentos no centro da cidade onde há 12 franco atiradores.

O domingo também foi sangrento para os rebeldes em Sirte, onde 17 morreram e mais de cem ficaram feridos. Estas últimas mortes aconteceram em combates que permitiram aos insurgentes tomar o controle do centro de Conferências de Ouagadougou e do hospital Ibn Sina.

Os números de mortos entre as forças pró-Gaddafi são desconhecidos, mas as forças do CNT afirmam ter capturado várias pessoas, entre eles mercenários de diversas nacionalidades africanas.

Outros 17 rebeldes morreram no domingo em um ataque para conseguir o controle do aeroporto de Bani Walid, outra resistência dos defensores de Gaddafi.

"O ataque foi lançado sem a ordem da hierarquia e sem a menor coordenação, e esta é a razão essencial do grande número de perdas entre nossas categorias", explicaram dirigentes da rebelião à Agência Efe.

Desde o meio-dia de domingo, os insurgentes se retiraram a suas posições a periferia de Bani Walid, disseram as fontes, informando que importantes reforços se dirigem para esta área.

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,92
    5,415
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,23
    102.174,40
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host