Topo

Morre Daniel Inouye, o senador mais velho dos EUA

18/12/2011 00h44

Washington, 17 dez (EFE).- Daniel Inouye, o senador mais velho dos Estados Unidos e condecorado com a Medalha de Honra pela coragem demonstrada na Segunda Guerra Mundial, faleceu nesta segunda-feira, aos 88 anos, devido a complicações respiratórias, informou seu escritório.

Inouye representou o seu estado natal, o Havaí, no Senado desde 1962 e como presidente pro tempore da câmara alta era o terceiro na linha de sucessão presidencial, atrás do vice-presidente, Joe Biden, e do presidente da Câmara dos Representantes, John Boehner.

O senador democrata estava internado no hospital militar Walter Reed, nos arredores de Washington, desde o início de dezembro devido a problemas respiratórios.

O presidente dos EUA, Barack Obama, ressaltou em comunicado que com sua morte o país perdeu um "verdadeiro herói" e ressaltou sua "incrível coragem" durante a Segunda Guerra Mundial, quando perdeu um braço.

Obama, também nascido no Havaí, definiu o falecido senador como um "amigo e mentor".

Como voluntário da Cruz Vermelha em sua adolescência, Inouye atendeu os feridos no ataque japonês contra a base de Pearl Habor, que motivou a entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial.

Dentro de sua carreira política, foi o orador principal da Convenção Nacional Democrata realizada em Chicago em 1968 e membro da comissão do Senado que investigou o escândalo Watergate na década de 1970.