PUBLICIDADE
Topo

Milhares de pessoas enfrentam frio e dão mergulho de ano novo na Holanda

01/01/2013 16h16

Bruxelas, 1 jan (EFE).- Cerca de 37 mil pessoas desafiaram o frio e águas que registravam temperaturas de até sete graus, e deram o primeiro mergulho do ano na Holanda, tradição que já existe no país desde 1960.

No litoral de Scheveningen, em Haia, local onde o ritual é mais praticado, ao redor de 10 mil pessoas mergulharam no mar das praias locais, vestidas em trajes de banho e com um gorro laranja, a cor nacional.

No restante do país, quase 20 mil pessoas também tomaram o banho de primeiro de janeiro, tanto ao longo da costa como nos rios da Holanda.

Muitos, no entanto, preferiram ficar em terra, devido à maré alta e a força das ondas, que tornavam o mergulho perigoso em alguns locais.

Neste ano, a temperatura de sete graus foi um grau menor do que em 2012, embora a sensação térmica, segundo os meteorologistas, era ainda mais baixa devido ao vento. EFE

lmi/dk