PUBLICIDADE
Topo

Rei que mandou Chávez calar a boca envia pêsames à Venezuela

Rei Juan Carlos 1º, da Espanha (centro), gesticula para Chávez (primeiro da direita para a esquerda na foto) - Arquivo/Efe
Rei Juan Carlos 1º, da Espanha (centro), gesticula para Chávez (primeiro da direita para a esquerda na foto) Imagem: Arquivo/Efe

06/03/2013 10h49

O rei Juan Carlos 1º, da Espanha, enviou nesta quarta-feira (6) um telegrama ao vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, com uma mensagem de condolência à nação venezuelana pela morte do presidente Hugo Chávez, informaram fontes da Casa do Rei.

Do hospital madrilenho onde se recupera de uma intervenção cirúrgica para tratar uma hérnia de disco, o monarca pediu a Maduro que transfira também seus pêsames aos parentes de Chávez.

Além disso, Juan Carlos I relembrou o "empenho e dedicação" de Hugo Chávez a favor de seu país e do conjunto da região ibero-americana, segundo as mesmas fontes.

O monarca transmitiu também a Maduro seus melhores desejos de amizade e o bom andamento das relações bilaterais entre os povos espanhol e venezuelano.

A nota ignora a discussão de 2007 entre os dois, quando o espanhol perguntou ao venezuelano "por que no te callas?" ("por que não cala a boca?", em tradução livre do espanhol), durante a cúpula ibero-americana de Santiago (Chile).

Notícias