Topo

Chegada de novo tufão leva Japão a retirar moradores de ilha

Em Tóquio

23/10/2013 00h25

As autoridades do Japão começarão nesta quarta-feira (23) a retirada de cerca de 120 moradores da ilha de Izu Oshima, a mais devastada pela passagem do poderoso tufão Wipha na semana passada, devido à chegada iminente de um novo ciclone.

A chegada do tufão Francisco, o de número 27 da temporada no Pacífico, provocou a evacuação preventiva de parte da população da ilha, situada a cerca de 100 quilômetros ao sul de Tóquio e na qual o último tufão deixou um balanço temporário de 29 mortos e 16 desaparecidos.

Segundo confirmou à agência "Kyodo" a administração regional de Izu Oshima, a evacuação começará hoje pela tarde, pois é esperado que o novo tufão Francisco tenha reflexos no clima da ilha a partir da sexta-feira, com fortes ventos e chuvas.

Os evacuados até agora são na maioria idosos, mas também serão deslocados da ilha os deficientes e as gestantes, enquanto foi oferecida assistência para aproximadamente 500 moradores.

Segundo a Agência Meteorológica do Japão, o tufão Francisco se encontrava a cerca de 280 quilômetros ao sudeste do arquipélago das ilhas de Okinawa (sul do Japão) durante a última madrugada, e avançava rumo ao nordeste a uma velocidade de 15 km/h.

A chegada do novo tufão acontece enquanto ainda persistem os trabalhos de resgate na ilha de Izu Oshima. Policiais, bombeiros e militares ainda procuram pelos corpos dos desaparecidos entre os escombros, depois que Wipha provocou o deslizamento de uma enorme encosta que arrasou praticamente tudo que estava em seu caminho.

Mais Notícias