Topo

Japão envia 700 soldados às Filipinas para ajudar em ações de resgate

2013-11-18T10:31:00

18/11/2013 10h31

Tóquio, 18 nov (EFE).- Dois navios militares japoneses com 700 soldados e uma equipe médica a bordo partiram nesta segunda-feira para as Filipinas para participar dos trabalhos de ajuda após os devastadores efeitos do tufão "Haiyan".

As embarcações do exército japonês devem chegar à ilha de Leyte na próxima sexta-feira, junto com outra embarcação que partiu na véspera.

A missão japonesa reforçará a assistência médica, ajudará na prevenção de epidemias e fornecerá provisões de transporte de emergência, informou a agência "Kyodo".

O Japão já havia enviado na semana passada uma equipe de 25 especialistas, entre eles médicos e enfermeiros da Equipe Japonesa de Ajuda em Desastres.

Além disso, o governo japonês decidiu na sexta-feira passada aumentar em US$ 20 milhões o montante de ajuda humanitária de emergência, elevando o total de assistência do Japão até agora para US$ 52,1 milhões.

As autoridades das Filipinas aumentaram hoje para 3.976 o número provisório de mortos provocados pelo tufão Haiyan na região central do país, onde a ajuda humanitária e as ações de reconstrução continuam sem tréguas.

Mais Notícias