PUBLICIDADE
Topo

Avião com corpo de Mandela sai de Pretoria rumo a Qunu

14/12/2013 08h30

Johanesburgo, 14 dez (EFE).- O avião com o corpo de Nelson Mandela decolou neste sábado às 11h58 locais (7h58 de Brasília) da base militar aérea de Waterkloof, perto de Pretoria, rumo a Qunu, a aldeia onde cresceu e será enterrado amanhã o ex-presidente sul-africano.

Escoltado por três caças da Força Aérea Sul-Africana, o avião militar Hércules C-130 que transporta o caixão de Mandela se dirige ao aeroporto de Mthatha, cidade situada a 30 quilômetros de Qunu, onde deve aterrissar por volta das 14h (10h de Brasília).

Na pista, o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, se despediu com reverência do caixão, envolvido na bandeira nacional e conduzido por uma guarda motorizada até a porta traseira de carga da aeronave.

Antes da decolagem, o partido governamental Congresso Nacional Africano (CNA), com Zuma à frente, oficiou uma solene e emotiva cerimônia na base militar para se despedir de seu antigo líder.

Zuma se sentou na primeira fila na cerimônia, ladeado pela viúva de Mandela, Graça Machel, e a ex-esposa do herói sul-africano, Winnie Madikizela-Mandela, e homenageou Mandela como "homem de ação".

O ex-presidente sul-africano Thabo Mbeki e o vice-presidente do CNA, Cyril Ramaphosa, assim como ministros e outros membros do partido governante estiveram na base militar para despedir-se de Mandela.

Os membros do CNA, muitos vestidos com as cores do partido, cantaram e dançaram no hangar antes da cerimônia de entrega do caixão.

A base aérea se encheu de flores para a ocasião e um enorme paraquedas cobre o teto do espaço onde aconteceu a cerimônia. O poema favorito de Mandela, "Invictus", estava impresso no programa da cerimônia.

O caixão de Mandela esteve exposto, de quarta-feira a sexta-feira, na sede do governo da África do Sul em Pretoria, por onde passaram 100 mil pessoas para dar-lhe seu último adeus.

Nelson Mandela morreu no último dia 5 de dezembro aos 95 anos rodeado de sua família em sua casa de Johanesburgo.