Topo

Uma a cada cinco adolescentes francesas já tentou se matar, diz estudo

2014-02-05T12:35:00

05/02/2014 12h35

Paris, 5 fev (EFE).- Quase uma a cada cinco meninas adolescentes da França (20,9%) e 8,8% dos meninos de 15 anos confessaram que já tentaram se suicidar, conforme a conclusão de uma pesquisa publicada nesta quarta-feira no jornal "Le Monde".

O estudo foi publicado também pela revista de formação médica "Le Concours Médical" na edição do mês de janeiro.

A pesquisa foi realizada em junho de 2012 com 1.817 jovens, em 171 escolas das regiões de Poitou-Charentes e Alsácia.

Os adolescentes responderam um questionário com 88 perguntas, entre elas questões como se tinham tentado se suicidar ao longo dos últimos 12 meses, ou quantas vezes tinham tentado o ato na vida. Nas duas regiões foram registrados resultados parecidos.

A publicação do resultado da pesquisa coincide hoje com a realização do Dia Nacional para a Prevenção do Suicídio.

Em 1993, conforme relata o jornal, o número de adolescentes que confessaram uma tentativa de suicido era de 9% entre as meninas e de 4% entre os meninos, porcentagens que subiram para 14,6 e 8,8%, respectivamente, em 1999.

"O nível alcançado, acima de 20%, e o aumento das tentativas entre as jovens é muito impressionante", afirmou para o "Le Monde" o clínico general Philippe Binder, responsável por uma ala para adolescentes no hospital de Rochefort.

Para Xavier Pommereau, coordenador da edição de janeiro da "Le Concours Médical", esses números confirmam, além disso, os dados médicos sobre a alta de admissões de adolescentes por tentativa de suicídio, e a diminuição da idade média, que, em seus 20 anos de experiência, passou dos 17 aos atuais 15 anos.

Mais Notícias