Topo

Choques entre curdos e jihadistas deixam 20 mortos no norte da Síria

25/09/2014 09h21

Beirute, 25 set (EFE).- Pelo menos 20 pessoas morreram durante os confrontos de quarta-feira entre combatentes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) e as Unidades de Proteção do povo Curdo no enclave de Kobani, no norte da Síria, informou nesta quinta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre as vítimas, 12 eram extremistas sunitas e oito milicianos curdos. Os conflitos continuam na periferia sul de Kobani, onde os jihadistas se viram obrigados a recuar e agora se encontram a dez quilômetros da cidade, antes estavam a sete.

Os radicais continuaram a ofensiva para tomar o controle de Kobani, iniciada no último dia 16, apesar de algumas bases do grupo nos arredores da região terem sido bombardeadas na quarta-feira pelos aviões da coalizão internacional, liderada pelos EUA.

O EI proclamou um califado no Iraque e na Síria no final de junho, onde conquistou amplas zonas de território. Na segunda-feira, os EUA anunciaram o começo dos ataques aéreos contra os jihadistas na Síria.

Mais Notícias