Topo

Texas (EUA) aprova livre porte de armas de fogo em público

O governador do Texas, Greg Abbott, ao lado de sua mulher e filha - Eric Gay/AP
O governador do Texas, Greg Abbott, ao lado de sua mulher e filha Imagem: Eric Gay/AP

Em Austin

29/05/2015 22h13

O Senado e a Câmara dos Representantes do Texas, nos Estados Unidos, aprovaram nesta sexta-feira (29) a polêmica lei que permitirá o livre porte de armas de fogo nesse estado, o segundo mais povoado do país.

Para ser promulgada, a norma HB 910 requer agora a assinatura do governador do Texas, Greg Abbott, que fez desta iniciativa um de seus objetivos políticos desde que assumiu o cargo em janeiro deste ano.

"As duas câmaras acabam de aprovar o livre porte de armas. Próximo passo: minha caneta", escreveu Abbott em seu conta no Twitter minutos depois que o Senado desse um impulso definitivo à norma com 20 votos a favor e 11 contra.

Minutos antes o mesmo tinha sido feito pela Câmara dos Representantes com um resultado de 102 a 43, com a oposição em bloco do Partido Democrata e o apoio, também unânime, dos conservadores.

A lei foi aprovada depois que fracassaram várias tentativas de seus opositores para introduzir emendas que reduzissem sua força, como o de excluir grandes cidades como Houston, Dallas, Austin e San Antonio da legislação.

Quando entrar em vigor a lei, em 1º de janeiro de 2016, os 26 milhões de texanos que tenham uma licença poderão levar sua arma de forma visível, "como no Velho Oeste", como destacaram seus opositores.

Esta nova norma modifica a legislação vigente no Texas desde a Guerra Civil americana que, paradoxalmente, permite aos cidadãos portar fuzis ou escopetas em público, mas não pistolas.

Apesar de sua reputação, Texas era um dos seis Estados que não permitiam o porte de armas em público no país.

Mais Internacional