Topo

Chega a 18 o número de mortos por atentado terrorista na Somália

2015-11-01T12:18:00

01/11/2015 12h18

Mogadíscio, 1 nov (EFE).- O número de mortos em um duplo atentado terrorista cometido pelo grupo jihadista Al Shabab no hotel Sahafi, em Mogadíscio, subiu para 18, informaram à Agência Efe fontes dos serviços de segurança locais.

A maioria dos mortos era de civis, mas o atentado também vitimou deputados e militares. Cinco membros da milícia radical islâmica entraram no hotel vestidos com o uniforme dos soldados da missão da União Africana na Somália (Amisom) para burlar os controles de segurança. Primeiro, um carro-bomba explodiu fora do hotel, e posteriormente outra detonação foi ouvida em seu interior.

O ex-chefe das forças armadas somalis Abdikarin Dhegabadan, vários deputados e o gerente do hotel estão entre os mortos no ataque. As forças de segurança somalis só conseguiram controlar o ataque, que começou por volta da meia-noite, cerca de dez horas depois.

Mais de 20 pessoas ficaram feridas e foram levadas a hospitais em Mogadíscio, segundo a emissora de rádio "Alfurqaan".

O grupo terrorista Al Shabab assumiu a autoria do duplo atentado. A milícia islamita anunciou em 2012 sua adesão formal à rede Al Qaeda e luta para instaurar um estado islâmico de linha wahhabista na Somália.

Mais Notícias