PUBLICIDADE
Topo

Atentado contra funeral xiita deixa 18 mortos em Bagdá

13/11/2015 10h51

Bagdá, 13 nov (EFE).- Pelo menos 18 pessoas morreram e 40 ficaram feridas nesta sexta-feira em um ataque suicida realizado durante o funeral de um dos xeques do clã xiita Beni Kab, no bairro de Amel, no sudoeste de Bagdá, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

O suicida detonou seu cinto explosivo no meio das pessoas que participavam do funeral, perto de uma mesquita xiita.

Os ataques contra alvos xiitas são frequentes no país, principalmente na capital Bagdá, onde em 8 de novembro, sete pessoas morreram em um ataque parecido. Muitas dessas ações são reivindicadas pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), de confissão sunita, embora neste caso, por enquanto, nenhuma organização tenha se manifestado sobre a autoria.

De acordo com outra fonte de segurança, menos nove membros do exército iraquiano e da milícia governamental morreram e seis ficaram feridos na explosão de um carro-bomba em uma região próxima a Ramadi.

Além disso, 12 jihadistas do EI morreram em um bombardeio da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos, que lançou uma ofensiva aérea contra as oficinas da fabricação de carros-bomba na área industrial de Faluja, também em Al-Anbar.

De acordo com a fonte, seis homens armados e três civis faleceram e outras 14 pessoas ficaram feridas em um bombardeio da coalizão internacional em Al Jassim, ao norte da cidade de Ramadi.