Presidente do Haiti anuncia segundo turno das eleições para 17 de janeiro

Porto Príncipe, 1 jan (EFE).- O presidente do Haiti, Michel Martelly, anunciou nesta sexta-feira que o segundo turno das eleições presidenciais, inicialmente marcado para o último dia 27 de dezembro, será realizado no próximo dia 17 de janeiro.

Martelly fez o anúncio em um ato em Gonaives, no norte do país, por ocasião do 212º aniversário da independência nacional.

Para oficializar esta data, no entanto, o presidente deverá emitir um decreto convocando o segundo turno eleitoral.

"Peço a todos que respeitem as regras do jogo, peço a todos que mantenham a calma, peço que votem em massa como deve ser, votem na pessoa que acham que lhes represente", ressaltou em seu discurso.

O chefe de Estado explicou que ontem recebeu duas cartas do Conselho Eleitoral Provisório (CEP), uma sobre os resultados dos pleitos legislativos, cujo segundo turno aconteceu em 25 de outubro, e outra sobre a necessidade de organizar o segundo turno presidencial o mais rápido possível, uma vez que seu mandato termina no próximo dia 7 de fevereiro.

Este anúncio acontece um dia depois que a Comissão de Verificação Eleitoral do Haiti, criada para determinar as denúncias de irregularidades ocorridas no primeiro turno das eleições presidenciais, também no último dia 25 de outubro, pedisse mais tempo para anunciar o resultado da investigação.

No segundo turno se enfrentarão o candidato governista, Jovenel Moise, e o opositor Jude Celestin.

No primeiro turno, Moise, do Partido Haitiano Tet Kale (PHTK), foi o mais votado com 32,76%, enquanto Celestin, da Liga Alternativa pelo Progresso e Emancipação Haitiana (LAPEH), obteve 25,29%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos