Coalizão da Arábia Saudita acaba com trégua no Iêmen, violada desde o início

Riad, 2 jan (EFE).- A coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita, anunciou neste sábado que encerrou o cessar-fogo declarado ao Iêmen em 15 de dezembro devido as violações à trégua que atribui aos rebeldes houthis.

Em comunicado, o comando desta aliança assinalou que o fim das hostilidades começou a valer as 14h (9h em Brasília), embora realmente sua aviação tenha continuado a bombardear o território iemenita durante o cessar-fogo.

A trégua começou com as negociações de paz na Suíça entre os dois lados do conflito no Iêmem e, após uma semana, se ampliou automaticamente, apesar de nem os houthis nem seus rivais a terem respeitado.

As razões dadas pela coalizão para romper a trégua foram o lançamento de mísseis balísticos contra o sul da Arábia Saudita por parte dos houthis e a continuidade de suas operações em território iemenita.

Os rebeldes dispararam ontem à noite um míssil balístico contra uma sede de segurança na cidade saudita de Abha, o terceiro em uma semana contra partes do sul do reino que fazem fronteira com o Iêmen.

O comando saudita também justificou sua decisão por considerar que os rebeldes atrapalharam o envio de ajuda humanitária - alimentos e material médico - ao povo iemenita.

Segundo a nota, a aliança aceitou a trégua solicitada pelo presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, porque quer criar um ambiente adequado para encontrar uma solução ao conflito, mas as ações dos houthis impediram sua continuidade.

O anúncio da coalizão árabe, que começou sua intervenção no Iêmen em apoio a Hadi e contra os houthis em março, surpreende porque a realidade é que não houve um cessar efetivo dos bombardeios apesar da declaração de trégua.

O conflito no Iêmen continua depois que os lados rivais concluírem suas conversas de paz na Suíça sem chegar a um acordo para um cessar-fogo permanente, mas com o compromisso de retomar o diálogo em meados de janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos