Morrem dois escaladores ao cair de montanha da Nova Zelândia

Sydney (Austrália), 2 jan (EFE).- Membros de grupos de resgate de montanha da Nova Zelândia resgataram os corpos sem vida de dois escaladores australianos que caíram em uma montanha no sul do país, informaram neste sábado as autoridades locais.

As vítimas, Stuart Jason, de 42 anos, e sua parceira, Amanda Thistlethwaine, de 35, foram encontrados juntos após caírem de seu lugar de acampamento, perto do cume do monte Silberhorn, a 3.300 metros de altura, indicou a polícia.

Ambos eram reconhecidos escaladores com larga experiência, explicou o inspetor de polícia Dave Gaskin em entrevista à agência "Fairfax New Zealand".

O casal viajou em dezembro para a Nova Zelândia para percorrer o país e praticar esporte.

Silberhorn, a sétima montanha mais alta da Nova Zelândia, fica no parque nacional de Aoraki, ou Monte Cook, no sul do país, mesmo lugar em que em 23 de dezembro outra escaladora, Nicola Anne Andrews, morreu ao cair de 300 metros altura no glacial Eugenie.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos