Consulado da Índia no norte do Afeganistão é atacado

(Acrescenta detalhes sobre a situação)

Cabul, 3 jan (EFE).- Um grupo de homens armados atacou neste domingo o consulado da Índia na província de Balkh, no norte do Afeganistão, e atirou no edifício desde uma construção das imediações, informou uma fonte oficial à Agência Efe.

O ataque começou na primeira hora da noite na cidade de Mazar-el-Sharif, considerada uma das localidades mais seguras do país, e onde também foram ouvidas duas explosões, disse o porta-voz do governador provincial, Shirjan Duranai.

"Isolamos a área e os insurgentes estão em um edifício de onde estão atacando o consulado indiano e alguns outros escritórios", além de as forças de segurança e postos de controle próximos, acrescentou.

As tropas especiais sitiaram "completamente" os agressores, imposibilitando a fuga e o acesso a outras construções, e pedem que se entreguem "com vida", afirmou o porta-voz.

Até agora não houve vítimas civis ou militares, mas ele não descartou baixas entre os agressores.

Uma fonte das forças afegãs que pediu anonimato garantiu que o principal alvo do ataque é a missão diplomática indiana e confirmou que duas detonações sacudiram a área desde o começo da ação, apesar de sua natureza ser desconhecida.

"Tudo bem no consulado, as forças de segurança estão liberando os arredores", confirmou o embaixador da Índia no Afeganistão, Amar Sinha, em sua conta oficial no Twitter.

Os estrangeiros estão na lista de alvos talibãs, junto com as forças de segurança e as funcionários públicos.

O último ataque contra uma missão diplomática no país aconteceu dia 11 de dezembro contra a embaixada da Espanha em Cabul, ação que deixou dois policiais espanhóis mortos, quatro agentes afegãos, dois civis e os quatro agressores.

Em maio de 2014, cinco insurgentes morreram em um ataque talibã ao consulado da Índia em Herat (oeste), sem que tenham vítimas entre o pessoal diplomático.

Nos últimos meses, os talibãs aumentaram sua presença em várias áreas do país e no final de setembro tomaram temporariamente a cidade nordeste de Kunduz, sua maior conquista militar desde a queda do regime em 2001.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos