Bahrein anuncia ruptura de relações diplomáticas com Irã

Manama, 4 jan (EFE).- O governo do Bahrein rompeu nesta segunda-feira as relações com o Irã e deu 48 horas de prazo para que os diplomatas iranianos abandonem o país, após a Arábia Saudita anunciar no domingo a mesma medida, informou a agência oficial bareinita de notícias "BNA".

O governo explicou em comunicado que tomou esta decisão em resposta "à flagrante e perigosa ingerência" do Irã nos assuntos internos do Bahrein e dos demais países do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), integrado pelos seis países árabes da zona, incluída a Arábia Saudita.

Manama denunciou os "ataques covardes" contra a Embaixada saudita em Teerã e o consulado de Mashhad (Irã), que são "um reflexo das políticas sectárias" iranianas e que é preciso "enfrentar isso com toda a força" para "preservar a segurança e a estabilidade" da região.

Riad também anunciou ontem à noite a ruptura das relações com o Irã após o ataque a suas legações diplomáticas no sábado pela noite, dentro dos protestos pela execução do clérigo opositor xiita Nimr Baqir al Nimr na Arábia Saudita nesse mesmo dia.

O governo saudita deu um prazo de 48 horas ao embaixador iraniano e o resto do pessoal diplomático em Riad para abandonar o país, e retirou seus representantes no Irã.

A Arábia Saudita responsabilizou o Teerã pelos ataques contra suas legações e disse que o "discurso oficial iraniano" foi "o instigador" dos mesmos.

Em outubro, o Bahrein retirou seu embaixador em Teerã, ao mesmo tempo que expulsou o encarregado de negócios iraniano em Manama, em protesto pela "permanente ingerência iraniana nos assuntos internos de Bahrein".

O pequeno país do Golfo, cuja população é majoritariamente xiita, é governado por uma monarquia sunita que acusou reiteradamente o Irã de apoiar a oposição interna em suas demandas exigências de maior democracia e direitos para os xiitas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos