Ministro australiano se desculpa por chamar jornalista de "bruxa louca"

Sydney (Austrália), 4 jan (EFE).- O ministro de Imigração da Austrália, Peter Dutton, se desculpou por ter chamado uma jornalista de seu país de "bruxa louca", depois que enviou para ela, por erro, uma mensagem de texto com os insultos, informou nesta segunda-feira a imprensa australiana.

Samantha Maiden, editora política dos jornais dominicais do grupo "News", recebeu a mensagem ofensiva depois de ter publicado uma coluna onde criticava o ex-ministro Jamie Briggs, que renunciou na semana passada.

Samantha respondeu a Dutton com a mensagem: "você enviou o texto da bruxa louca para a própria bruxa louca". A jornalista relatou ao "Channel 9" da TV australiana que o político tinha a intenção de enviar a mensagem para o ex-ministro.

Dutton emitiu um comunicado no domingo pela noite onde explicou que se desculpou imediatamente com a jornalista, a quem conhece há anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos