Polícia decreta toque de recolher noturno em Áden, no Iêmen, após confrontos

Sana, 4 jan (EFE).- A polícia iemenita decretou o toque de recolher na cidade de Áden, sede temporária do governo no sul do país, depois de haver confrontos entre as forças de segurança e homens armados, anunciou nesta segunda-feira a agência de notícias oficial "Saba".

O Comitê de Segurança, que é o comando da polícia em Áden, impôs a partir de hoje o toque de recolher noturno, entre as 20h e as 5h da manhã.

Esta medida foi tomada após confrontos armados entre a milícia "Resistência Popular do Sul" e as forças de segurança, que deixaram dois membros da polícia iemenita e três milicianos mortos.

Os confrontos começaram depois de alguns combatentes terem se recusado a entregar o controle dos edifícios e sedes governamentais às autoridades no porto de Áden, o principal do Iêmen e de importância estratégica.

Os milicianos que resistiram são membros de tribos locais com visões extremistas, que se uniram à resistência contra o movimento rebelde dos houthis.

Moradores da região disseram à Agência Efe que as forças de segurança recuperaram o controle de todas as sedes oficiais e do porto de Áden, e se desdobraram nos acessos à região depois da violência registrada ontem.

As autoridades iemenitas tentam recuperar o controle e a segurança em Áden, onde estabeleceram a sede temporária do governo, depois que ele ter sido expulso da capital, Sana, em setembro de 2014 pelos rebeldes.

O executivo do presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi retornou à cidade portuária em setembro, de onde fugiu seis meses antes por causa da ofensiva dos houthis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos