Japão pede a países do O.Médio para diminuir tensão através do diálogo

Tóquio, 5 jan (EFE).- O Japão pediu nesta terça-feira aos países do Oriente Médio para diminuir as tensões na região através do diálogo, diante da piora das relações entre Arábia Saudita e Irã por causa da execução de um clérigo xiita por parte de Riad.

"Nosso país está preocupado com a deterioração das relações entre alguns países muçulmanos", disse hoje em entrevista coletiva o ministro porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, em referência à grande dependência que tem o arquipélago com esta região no referente à provisão de petróleo.

Suga acrescentou que o Japão emitirá esta mensagem a todas as partes através de "diversos canais diplomáticos".

A escalada de tensão entre países de maioria xiita (como o Irã) e sunita (como a Arábia Saudita) na região aconteceu devido à execução no dia 2 de janeiro do dissidente clérigo xiita Nimr Baqir al Nimr pelas autoridades sauditas.

A execução foi seguida de assaltos a delegações diplomáticas sauditas no Irã, por isso que Riad anunciou que estava rompendo relações diplomáticas com Teerã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos