Tubarão ataca criança de 11 anos em praia da Austrália

Sydney (Austrália), 5 jan (EFE).- Um suposto tubarão-de-pontas-negras-do-recife atacou nesta terça-feira uma criança de 11 anos que nadava em uma praia do nordeste da Austrália.

"Estava na praia, perto de águas profundas, quando viu um tubarão ou algo parecido, que em menos de um minuto depois o mordeu, foi quando o pai tirou o filho da água", explicou o paramédico Brad Lawson, do Serviço de Ambulâncias de Queensland, segundo a emissora "ABC"

O pai levou o filho a um centro médico onde o menor recebeu os primeiros socorros antes de ser transferido por ar ao Hospital Gladstone.

O tubarão-de-pontas-negras-do-recife ou Carcharhinus Melanopterus é um exemplar facilmente identificável pela cor negra que cobre a ponta de suas aletas, habita nos recifes tropicais de coral dos oceanos Índico e Pacífico, e prefere águas pouco profundas e litorâneas.

Os ataques de tubarão são comuns na Austrália, onde vivem cerca 180 espécies de tubarões.

O governo do estado da Austrália Ocidental (oeste) iniciou em 2013 um polêmico plano de captura e massacre de tubarões de mais de três metros para proteger os banhistas.

Em algumas partes do estado de Nova Gales do Sul e Queensland são utilizadas redes e inclusive complexos anzóis para evitar ataques, mas as autoridades também evitam abertamente a captura dos mesmos e a posterior morte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos